Father - Assessoria e Comércio Internacional

Blog Home > Notícias > FERRAMENTA GRATUITA ENCONTRA MELHOR MERCADO PARA EMPREENDEDOR EXPORTAR SEU SERVIÇO OU PRODUTO

FERRAMENTA GRATUITA ENCONTRA MELHOR MERCADO PARA EMPREENDEDOR EXPORTAR SEU SERVIÇO OU PRODUTO

FERRAMENTA GRATUITA ENCONTRA MELHOR MERCADO PARA EMPREENDEDOR EXPORTAR SEU SERVIÇO OU PRODUTO

Empreendedores de pequenas e médias empresas que sonham em exportar ganharam uma ferramenta para ajudá-los. É o Mapa Estratégico de Mercados e Oportunidades Comerciais, um serviço que descobre quais são os melhores mercados para vender seus produtos e serviços.

Desenvolvido pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e pelo Ministério da Indústria, Desenvolvimento e Comércio Exterior (Mdic), o novo serviço faz parte do Plano Nacional de Exportações, anunciado em junho pelo governo federal.

A pequena e média empresa que usa o serviço encontra informações de 32 mercados de potencial, todos com demandas por produtos brasileiros com valor agregado, diz Ana Repezza, gerente de estratégia de mercado da Apex-Brasil, e uma das integrantes da equipe de desenvolvimento do serviço.

De acordo com Daniel Godinho, secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), todos os mercados que estão no serviço tiveram uma avaliação profunda e têm oportunidades para produtos e serviços brasileiros.

Funcionamento

O Mapa Estratégico de Mercados e Oportunidades Comerciais é gratuito e pode ser acessado neste endereço. Interativo, o sistema exibe na tela do navegador um mapa mundi. Para saber se seu produto tem potencial para algum mercado estrangeiro, o empreendedor precisa cumprir quatro passos: 1) definir a área de atuação, 2) o tipo de negócio, 3) o subtipo; 4) e filtrar o continente. “Feito isso, a pequena e a média empresa têm acesso a um conjunto de dados para uma tomada de decisão. As informações vão desde dados macroeconômicos até informações de potenciais concorrentes”, diz Ana.

Com a ferramenta, afirma a Apex-Brasil, o empreendedor não só dá o primeiro passo para mandar o seu produto para fora como também diminui  o risco de tentar exportar para um mercado no qual não terá sucesso. “E para manter o nível de confiabilidade, os dados serão atualizados mais de uma vez por ano”, afirma Ana. As informações do serviço são extraídas de estudos da própria Apex-Brasil e de entidades como Banco Mundial e Organização Mundial do Comércio, entre outros.

Fonte: revistapegn.globo.com